Jornal da Educação.

Publicado: julho 26, 2014 em Uncategorized

Jornal da Educação – Publicação do Instituto de Pesquisas e Administração da Educação.

ISSN 0104-9895,
ano 19 – nº 4795.


ProIES é alternativa para que centenas de instituições de ensino superior possam voltar a oferecer o Programa Universidade para Todos:

A Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação editou despachos descredenciando mais de 350 mantenedoras de instituições de ensino superior do ProUni. O primeiro grupo constou de um ato de maio de 2013. Posteriormente foram feitos outros despachos, inclusive um mais recente, em maio de 2014, com um novo grande grupo. Essas mantenedoras são responsáveis por mais de 400 IES, entre universidades, centros universitários e faculdades. As mesmas ofereciam cerca de 12.000 bolsas ao Programa. A razão das desvinculações foi a falta de apresentação de prova de regularidade fiscal quanto aos tributos federais.
A lei do ProUni exige que tais documentos sejam verificados pelo MEC no momento das adesões ao Programa Universidade para Todos. Objetivando regularizar a situação tributária o Executivo reabriu o ProIES – Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento das Instituições de Ensino Superior que foi instituído pela Lei nº 12.688, de 18 de julho de 2012 e renovado por intermédio da Lei 12.989, de 6 de junho de 2014.
O prazo para adesão ao ProIES está fluindo. Apesar de existirem condições que trazem reflexos negativos à autonomia das universidades e centros universitários, é uma das melhores alternativas para que as mantenedoras consigam a regularidade fiscal e possam voltar a desenvolver seus programas em condições normais.
(IPAE 145 – 07/14).

Número de inscritos no Sisutec passa de 260 mil:

A segunda edição de 2014 do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou 260,6 mil inscritos até o meio-dia desta quinta-feira, 24. Como cada candidato pode escolher duas opções de curso, até o momento foram feitas 498,4 mil inscrições. O prazo para as inscrições termina às 23h59 desta sexta-feira, 25. Nesta edição do Sisutec são ofertadas 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação. As áreas com maior número de vagas ofertadas são ambiente e saúde (correspondendo a 32% do total), seguida por informação e comunicação (17%), gestão e negócios (14%) e controle e processos industriais (11,6%). As vagas serão preenchidas prioritariamente por candidatos que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero. O candidato pode fazer a inscrição em até duas opções de vagas. Criado em 2013, o Sisutec integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas.

(IPAE 146 – 07/14).

Consultoria em desenvolvimento institucional e assessorias atendem à entidades mantenedoras e mantidas em todo o Brasil:

O Instituto de Pesquisas e Administração da Educação possui diversas linhas de consultoria voltadas para o desenvolvimento institucional de escolas de educação básica e superior. Os serviços estão detalhados através do site, sendo acessáveis através do link http://www.ipae.com.br/portal/br/consultoria-e-assessoria

Há também uma linha de assessoria que abrange uma grande leque de opções. As principais são as seguintes:

a) Assessoria na elaboração de processos de autorização de cursos e credenciamento Institucional para educação a distância

b) Assessoria para viabilização financeira de projetos de EAD

c) Assessoria para implantação de 20% da carga horária dos cursos presenciais reconhecidos através de educação a distância

d) Assessoria para renovação de reconhecimento de cursos presenciais ou a distância

e) Assessoria para criação, reconhecimento e renovações de reconhecimento de cursos de graduação

f) Assessoria para elaboração e revisão de estatuto e regimento

g) Assessoria para transformação de faculdade em centro universitário

h) Assessoria para transformação de centro universitário em universidade

i) Assessoria para desenvolvimento de programas através do PRONATEC

j) Assessoria para a estruturação do catálogo e inserção no cadastro de cursos de pós-graduação

l) Assessoria para certificação e manutenção do CEBAS para as entidades filantrópicas

m) Assessoria para reconhecimento de utilidade pública federal

n) Assessoria na internacionalização da instituição e celebração de convênios com Universidades estrangeiras

o) Assessoria para aferição do nível de satisfação da instituição junto à comunidade educacional

p) Outras assessorias conforme sob demanda

A especificação dos serviços encontra-se em cada ficha técnica cujo acesso se faz através do link acima mencionado.

(IPAE 147 – 07/14).


Ministério do Turismo vai bancar intercâmbio de universitário na Europa:

Depois da criação do programa Ciência sem Fronteiras (CsF) pelo Ministério da Educação (MEC) em 2011, e mais recentemente do “Cultura sem Fronteiras” – capitaneado pelo Ministério da Cultura -, agora chegou a vez de outra pasta do Governo Federal anunciar um programa próprio de intercâmbio voltado para a concessão de bolsas de estudos para universitários brasileiros em instituições estrangeiras. Estruturado pelo Ministério do Turismo (MTur), o Projeto de Qualificação Internacional vai conceder 110 bolsas de estudo no exterior. Assim como o Ciência sem Fronteiras, o desempenho do candidato em provas anteriores no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será um dos principais critérios de seleção dos bolsistas. Para esta nova ação do Ministério do Turismo serão concedidas 110 bolsas de estudos, 60 para a Espanha e 50 para o Reino Unido. O estudante, contudo, deve se inscrever em apenas um dos processos seletivos. Só podem participar do programa alunos matriculados em cursos de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo em Turismo ou da área da Hospitalidade. O prazo de inscrições para participar da seleção vai até o dia 31 de julho.

(IPAE 148 – 07/14)


Sistema educacional dos países da Copa foram serão consolidados na revista Atualidades em Educação:

Durante 32 edições o Jornal da Educação abordou os sistemas educacionais de todos os paises que disputaram a Copa do Mundo de Futebol. A variedade de modelos é extraordinária, assim como as tendências das políticas públicas daquelas nações. Objetivando permitir uma visão de conjunto a edição de numero 160 da revista Atualidades em Educação, editada pelo Instituto de Pesquisas e Administração da Educação, fará uma matéria especial, que permitirá um aprofundamento das análises pelas pessoas interessadas em educação comparada. A edição estará em breve disponível e acessável através do link http://ipae.com.br/pub/pt/re/ae/160/160.pdf
(IPAE 149 – 07/14).

Anima entra em ensino a distância :

O grupo educacional Anima obteve autorização do Ministério da Educação (MEC) para oferecer cursos de ensino a distância – segmento que mais cresce no setor de educação e chega a ter uma margem bruta de 80%. O credenciamento, cujo processo de aprovação levou três anos, foi para o Centro Universitário Una, uma das instituições da Anima com sede em Belo Horizonte. As aulas serão iniciadas em janeiro do próximo ano em 14 polos localizados em São Paulo, Minas Gerais e Nordeste. Com isso, a empresa mineira torna-se um grupo com atuação nacional. Na primeira etapa, a Anima oferecerá cinco cursos de gestão (processos gerenciais, recursos humanos e marketing) com duração de dois anos e um curso de bacharelado em administração. As aulas serão 100% on-line, com opção de o aluno ir ao pólo uma vez por semana para orientação acadêmica. Todas as provas são presenciais. Os centros universitários e universidades têm autonomia para aumentar o número de cursos, ou seja, não precisam de autorização prévia do MEC como acontece com as faculdades. Mas para expandir o número de polos, todas as instituições de ensino superior são obrigadas a ter o credenciamento do Ministério da Educação. Entre as companhias de educação listadas em bolsa, a Anima era a única que ainda não ministrava aulas a distância.
(IPAE 150 – 07/14)

Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais:

A Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais – ABRUEM é uma organização, fundada em outubro de 1991, que reúne 46 universidades públicas brasileiras (distribuídas em 20 estados e uma população de aproximadamente 900.000 alunos regularmente matriculados, o que representa cerca de 50% dos estudantes de ensino superior matriculados anualmente no país). A ABRUEM, por meio de sua estrutura e seus encontros estimula a troca de informações, discussão e aprofundamento de temas prioritários da Agenda do Ensino Superior e a decisão sobre ações de interesse comum entre as instituições filiadas. Além disso, compete-lhe, ainda, dar suporte à implementação dessas decisões, quando necessário, junto às autoridades competentes do governo e do setor privado.
(IPAE 152 – 07/14)


EXPEDIENTE:

Publicação diária do Instituto de Pesquisas e Administração da Educação (enfoca os principais acontecimentos que ocorrem no Brasil e no Mundo na área educacional, sendo as matérias aprofundadas nos Informativos (mensais) e Revistas especializadas (bimestrais) também editadas pelo IPAE ).
Exemplares arquivados na Biblioteca Nacional de acordo com Lei nº 10.944, de 14 de dezembro de 2004 (Lei do Depósito Legal).
ISSN (International Standard Serial Number) nº 0104-9895 conforme registro no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT (Centro Brasileiro do ISSN), vinculado ao Ministério de Ciência e Tecnologia.

Editora do Instituto de Pesquisas e Administração da Educação cadastrada no ISBN (International Standard Book Number) sob o nº 85927 conforme registro na Biblioteca Nacional.
Reprodução permitida desde que citada a fonte.
Editor Responsável – João Roberto Moreira Alves.
Edição e Administração:
Instituto de Pesquisas Avançadas em Educação.
Av. Rio Branco, 156 – Conjunto 1.926 – CEP 20040-901 – Rio de Janeiro – RJ – Brasil.
http://www.ipae.com.bripae@ipae.com.br

FICHA CATALOGRÁFICA:

Jornal da Educação – Ano 1 – nº 1 (fevereiro de 1995) – Rio de Janeiro – Instituto de Pesquisas e Administração da Educação (diário).
1. Direito à educação – periódico. I – Instituto de Pesquisas e Administração da Educação – CDU 37.011.001.4.

Prezado leitor: Para ter acesso às edições anteriores do Jornal da Educação, entre em http://www.ipae.com.br/portal/br/edicoes-anteriores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s