IPAE: Jornal da Educação.

Publicado: julho 23, 2014 em Uncategorized


Pesquisa da OCDE mostra que inovações na educação estimulam professores:

Inovações nas escolas podem ter impacto positivo na valorização de professores e, em alguns casos, nas notas dos alunos em algumas disciplinas. É o que sugere um estudo-piloto divulgado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o relatório Mensurando Inovação na Educação. A análise se debruçou sobre 28 sistemas educacionais (entre países, estados americanos e territórios canadenses, Brasil não incluído) no mundo.

Segundo os especialistas da OCDE, ainda que não haja uma relação facilmente comprovável entre inovação e melhorias na educação, “em geral, países com maiores níveis de inovação veem aumento em alguns resultados educacionais, incluindo melhor performance em matemática na oitava série (13 e 14 anos), resultados de aprendizado mais igualitários e professores mais satisfeitos”. Entre as inovações analisadas estão materiais didáticos, recursos educacionais, estilo de ensino, aplicação de conhecimento na vida real, interpretação de dados e textos, disponibilidade de computadores e sistemas de e-learning nas aulas, novas formas de organizar atividades curriculares e uso de tecnologia na comunicação com pais e alunos, entre outros. Porém, os investimentos em tecnologia e inovação não são unanimidade entre estudiosos de educação, já que nem sempre esses investimentos se traduzem em melhor desempenho ou em benefícios mensuráveis – e muitas vezes incorrem em aumento de gastos.(IPAE 126 – 07/14).

Pesquisa vê aumento do uso de tecnologia nas escolas:

Empresas iniciantes do setor de TI com proposta mais informal, as chamadas startups começam a dar mais atenção ao mercado educacional. Aplicações e tecnologias – especialmente as ligadas a dispositivos móveis – pensadas exclusivamente para a melhora da qualidade do ensino em escolas públicas e privadas já representam uma parcela significativa do tempo de empreendedores brasileiros.

O número de escolas públicas que dispõem de computadores móveis para uso em aula vem crescendo de maneira exponencial, de acordo com dados presentes no estudo anual TIC Educação. De 2010 – quando a primeira pesquisa foi feita – a 2013, o número de instituições de ensino públicas com computador portátil saltou de 49% para 73%. Estes números reforçam a iniciativa do professor no uso de tecnologia na sala de aula. Ao menos 88% dos professores usam Internet diariamente, têm equipamentos em suas casas e até os levam para a escola. A pesquisa, recém-divulgada, foi feita pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CIG.br) por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). (IPAE 127 – 07/14).

Publicação diária do Instituto de Pesquisas e Administração da Educação (enfoca os principais acontecimentos que ocorrem no Brasil e no Mundo na área educacional, sendo as matérias aprofundadas nos Informativos (mensais) e Revistas especializadas (bimestrais) também editadas pelo IPAE ).
Exemplares arquivados na Biblioteca Nacional de acordo com Lei nº 10.944, de 14 de dezembro de 2004 (Lei do Depósito Legal).

ISSN (International Standard Serial Number) nº 0104-9895 conforme registro no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT (Centro Brasileiro do ISSN), vinculado ao Ministério de Ciência e Tecnologia.

Editora do Instituto de Pesquisas e Administração da Educação cadastrada no ISBN (International Standard Book Number) sob o nº 85927 conforme registro na Biblioteca Nacional.
Reprodução permitida desde que citada a fonte
Editor Responsável – João Roberto Moreira Alves.

Edição e Administração: Instituto de Pesquisas Avançadas em Educação.
Av. Rio Branco, 156 – Conjunto 1.926 – CEP 20040-901 – Rio de Janeiro – RJ – Brasil.
http://www.ipae.com.br – ipae@ipae.com.br
FICHA CATALOGRÁFICA

Jornal da Educação – Ano 1 – nº 1 (fevereiro de 1995) – Rio de Janeiro – Instituto de Pesquisas e Administração da Educação (diário).
1. Direito à educação – periódico. I – Instituto de Pesquisas e Administração da Educação – CDU 37.011.001.4.

Para ter acesso às edições anteriores do Jornal da Educação, entre em http://www.ipae.com.br/portal/br/edicoes-anteriores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s